12 de Dezembro de 2017  |   405 visitas

Portugal, o melhor destino turístico do Mundo

Distinção atribuída pelos World Travel Awards

Portugal, o melhor destino turístico do Mundo
Praia da Arrifana, Algarve Foto: visitportugal

 

 

No passado domingo, dia 10 de dezembro, Portugal foi escolhido, pela primeira vez, como o Melhor Destino Turístico do Mundo. Esta distinção atribuída pelos World Travel Awards em Phu Quoc, no Vietname, conferiu o galardão máximo ao território luso passando assim a ser este o primeiro país europeu a receber o prémio.

Portugal continua a evidenciar-se internacionalmente. Depois de no início do ano o Porto ser eleito Melhor Destino Europeu, pela European Best Destination, e de em setembro o país receber o prémio de Melhor Destino Europeu, chega a vez de o Turismo de Portugal conquistar o mundo e a distinção dada pelos World Travel Awards.

A condecoração recebida em setembro abriu as portas para que o país tivesse lugar na lista de 17 candidatos concorrentes ao prémio que Portugal trouxe agora para casa. O país derrotou adversários como o Brasil, Grécia, Maldivas, EUA, Marrocos e Espanha.

Além do país, também a cidade de Lisboa brilhou nesta entrega de prémios, ao conquistar a distinção como Melhor Destino para City Break do Mundo. Esta foi a primeira vez que a cidade se viu escolhida para esta categoria.

Foram ainda conferidos a Portugal os primeiros lugares nas categorias de Melhor Destino de Ilha, indo este para a Ilha da Madeira; Melhor Órgão Oficial de Turismo do Mundo, sendo distinguido o Turismo de Portugal; Melhor Empresa de Conservação Ambiental do Mundo no qual foi premiado o Parque de Sintra – Monte da Lua e, finalmente, Melhor Resort de Lazer de Luxo atribuído ao Pine Cliffs Resort. 

O World Travel Awards foi criado em 1993 com o intuito de premiar trabalhos admiráveis na área da indústria turística mundial. O processo de seleção dos vencedores faz-se através de uma votação no site onde o público geral escolhe os seus destinos favoritos, além disto, mais de 200.000 profissionais de turismo de 160 diferentes países participam também na votação.